O muro: obstáculos nas avaliações de imóveis

Assim que o orçamento é aprovado, eu já agendo a vistoria. A agilidade faz com que o trabalho flua melhor. Nem sempre isso é possível, porque em alguns casos há moradores no imóvel ou, se for imóvel comercial, tenho que respeitar o horário de trabalho.

Sempre procuro organizar com o solicitante da avaliação como proceder para que o trabalho seja feito da melhor forma possível.

E não foi diferente nesta avaliação de imóvel para a qual fui contratada. Eu já sabia de antemão as características gerais do imóvel: um terreno plano, de esquina, todo murado e sem edificações. Ninguém me acompanhou. Chegando lá, comecei a observar os melhores ângulos para fazer as fotos.

Quando o cliente não acompanha o Perito, torna-se um pouco mais delicado, pois as pessoas são curiosas e ficam olhando para tentar entender o motivo de alguém  ‘do nada’ estar ali fotografando aquele lugar.

Eu procurei ser o mais discreta possível, desci do carro e caminhei pelas ruas no entorno do terreno, fiz fotos amplas e mais focadas no imóvel. Na realidade, ao redor, pois o terreno era todo cercado por um muro bem alto.

Consegui encontrar uma fresta pelo muro numa das laterais do terreno. Então, com muito cuidado, segurei o celular, que mal cabia na fresta, e tirei algumas fotos. Minha preocupação era não deixar cair o celular, pois não teria como pegar.

Fui para a outra rua. O sol forte dificultava um pouco o trabalho, mas eu precisava me esforçar para captar todos detalhes possíveis daquele terreno e também para conseguir boas fotos.

Havia um portão de madeira na outra parte do terreno, mas com corrente e cadeado, sem condições de entrar. Como o muro era muito alto, eu não conseguia ver o terreno, mas esticava os braços para assim tirar as fotos. Na parte interna só havia uma vegetação rasteira com algumas árvores, isso foi o que pude observar olhando as fotos.

Caminhei mais um pouco e fiz mais algumas fotos das ruas e das placas de rua dos arredores. Foi então que, tendo finalizado meu trabalho por ali,  indo em direção ao carro, percebi que a minha presença tinha chamado a atenção de vizinhos curiosos, que me observavam de longe.

Dirigi um tempo pela região para coletar as amostras e depois fui embora. Essa é uma parte importante do trabalho das avaliações. Porém, é preciso frisar isto: a vistoria é somente uma das partes da avaliação imobiliária.

E um bom Perito sabe que, embora os muros sejam altos e os obstáculos difíceis de transpor, o trabalho das avaliações de imóveis exige tempo, cuidado e dedicação. Não existe facilidade e muito menos trabalho rápido.

Porque toda avaliação tem o seu passo a passo, não há como atropelar o serviço. Se alguém oferecer por aí trabalho rápido e fácil tenha certeza de que não será uma avaliação, mas só um papel assinado com um número.

Silmara Gottardi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s