6 dicas para fotografar um imóvel

O perito avaliador precisa ter todos os cuidados necessários para que seu trabalho seja realizado da melhor forma possível, um desses cuidados é fazer boas fotos.

Parece um pouco óbvio falar sobre como fazer fotos, afinal é uma coisa relativamente simples. Porém é comum o profissional se atrapalhar na hora da vistoria. São muitos detalhes: a tensão para desenvolver um bom trabalho, problemas de acesso ao imóvel (em caso de avaliação judicial, nem sempre o perito avaliador é bem-vindo), o fato de ter que executar o trabalho sozinho.

Além de fazer fotos, o perito precisa anotar tudo sobre o imóvel, conversar com o cliente, coletar dados. Sem contar que, no momento da vistoria, ele já vai analisando todos os aspectos e pensando no valor daquela propriedade. Enfim, é uma avalanche de informações que vem a sua cabeça.

E diante de tudo isso, como conseguir boas fotos? Não é necessário fazer curso, tampouco ser fotógrafo profissional. Mas é preciso ter o mínimo de preparo para que o trabalho como um todo fique bom (e as fotos são uma parte importante). Pensando nisso, elenquei algumas dicas, baseadas na minha experiência. Espero que você goste e que sejam úteis. Confira! Deixe seu comentário!

1. Tenha uma boa câmera

Primeiramente, é essencial ter uma boa máquina fotográfica ou um celular com boa resolução. A partir daí, é só ajustar o equipamento conforme as condições do tempo. Procure regular a máquina antes ou assim que chegar ao local do imóvel, nada de ficar ‘mexendo’ no equipamento na frente do cliente.

2. Cheque seu material

Esse é um ponto crucial. Em hipótese alguma chegue ao local para a vistoria com a máquina descarregada ou sem bateria, isso não pode acontecer. Se for tirar fotos com celular, verifique se há espaço na memória, seria muito desagradável estar fazendo as fotos e se dar conta de que não há mais espaço. Cheque seu material de trabalho antes de sair a campo. Isso é algo simples, porém de fundamental importância.

3. Seja organizado

Chegando ao local do imóvel a ser avaliado, sempre explique ao cliente os procedimentos para realização da vistoria. Faça as fotos de forma organizada: comece fotografando de fora para dentro, aspectos de rua, parte externa do imóvel; se for apartamento, tire fotos da fachada do prédio; se for casa, faça fotos do jardim, quintal; só depois faça da parte interna.

4. Seja cuidadoso

Tenha cuidado para não tirar fotos em que apareçam pessoas, às vezes, na pressa, isso pode acontecer e é algo bastante negativo. Outro detalhe importante: não tire fotos de carros em que apareçam as placas, se for o caso, utilize recursos de computador e apague ou borre o número. Atenção também com os espelhos: fotos em banheiros, por exemplo (por serem espaços normalmente pequenos), são difíceis de fazer, sendo assim, tenha cuidado para você não se refletir no espelho na hora da foto.

5. Seja ponderado

Fique atento ao tirar as fotos, não faça de qualquer jeito ou apressadamente, vá com calma, pois as fotos podem sair ruins e seria muito desagradável ter que pedir ao cliente: “Ah, preciso tirar novas fotos porque aquelas ficaram ruins”. Isso pode transmitir uma imagem de displicência, desatenção e até mesmo amadorismo.

6. Tenha coerência ao fotografar

Procure fazer poucas e boas fotos por cômodo. Não há necessidade de armazenar muitas imagens do mesmo espaço, pois dificultará na escolha das melhores para compor o laudo. Porém, vale lembrar que isso dependerá muito do tipo de imóvel e da situação em que se encontra. Digamos que a propriedade esteja totalmente destruída, nesse caso, será necessário considerar no laudo uma depreciação significativa e, sendo assim, além do descritivo, é importante destacar com fotos o estado do imóvel, como prova para tal depreciação.

Resumindo…

Organize-se. Confira sua máquina ou celular. Esteja preparado, porque você não sabe se terá que fazer dez, vinte, trinta fotos ou até mais, dependendo do imóvel. Fique atento aos detalhes. Faça boas fotos. Coloque-se no lugar da pessoa que olhará as fotos; ela conhecerá o imóvel ‘através dos seus olhos’. Você é o responsável pelo material produzido. Empenhe-se. Capriche nas fotos e ‘foque’ no mais importante! Fica a dica!

Silmara Gottardi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s