Fome de conhecimento – da sala de aula para as avaliações de imóveis

O professor e corretor de imóveis Filipe Pêgo Camargos, que já escreveu alguns artigos aqui para o meu blog, hoje nos traz uma lição de vida: para ele, investir na carreira é a melhor opção. Mesmo em um momento tão difícil, fez uma escolha ousada! Filipe nos conta como foi. 

Sou professor de História. Eu precisava melhorar minha renda, pois queria me casar e precisava de dinheiro. Foi então que, numa conversa com uma prima, ela me falou sobre a profissão de corretor de imóveis. Logo me interessei principalmente pelo horário, que poderia ser flexível. Comecei a fazer o curso de TTI (Técnico em Transações Imobiliárias) e fiz estágio com uma outra prima, que tinha uma imobiliária; eu a ajudava nos plantões aos domingos. 

Gostei muito da área, porém foi o nicho de avaliação de imóveis que me chamou a atenção, porque eu poderia conciliar mais facilmente com minha profissão de professor. E também pelo financeiro, pois as avaliações são uma ótima fonte de renda, mas especialmente porque é uma área incrível para se trabalhar. 

Hoje, consigo conciliar as duas profissões: agendo minhas vistorias para o fim de semana ou no meu dia de folga do colégio. Para ter essa folga no colégio, eu tenho aulas à noite também. E para fazer o laudo, organizo meu horário às vezes de madrugada, a fim de poder cumprir os prazos, pois faço avaliação particular e também trabalho para a justiça. 

Eu sempre procurei investir em conhecimento. Tanto é que, para poder fazer o curso de avaliação de imóveis, eu tive que abrir mão de algumas regalias. Lembro-me como hoje, que eu recebi um dinheiro e paguei minhas contas e sobrou para passar o mês. Porém, eu tinha visto a divulgação de um curso de avaliação de imóveis naquele mês e eu fiquei muito indeciso: guardo este dinheiro para passar o mês ou faço o curso?  

Era uma situação bem delicada, porque era o único dinheiro que eu tinha para passar o mês. Mas algo dentro de mim dizia que eu deveria fazer o curso, foi então que eu me lembrei da frase: “Os fortes não nasceram fortes, eles nasceram comuns e se arriscaram para vencer”. Eu fiz uma oração rápida, pedindo uma direção.  

Então eu fiz o curso com o professor João Diniz Marcello e foi maravilhoso; recebi o certificado e inclusive me lembro que foi você, Silmara, que me entregou. Segui as orientações do professor e divulguei meu nome. Se não me engano, na época, paguei R$ 750,00 no curso e em menos de um mês fiz um laudo e recebi R$ 1.500,00 do cliente, ou seja, em menos de um mês paguei o curso e ainda sobrou dinheiro. 

Eu só tenho a agradecer por essa oportunidade de estar nesta área, porque hoje tenho uma renda extra e sou muito feliz tanto como professor quanto como corretor de imóveis. Gosto de estudar e atualmente faço o curso superior de Negócios Imobiliários. Isso para mim é prazeroso, porque invisto no que tenho convicção e sei que conhecimento nunca é demais. Quanto mais buscamos conhecimento, mais temos chance no mercado. 

Silmara Gottardi

Um comentário em “Fome de conhecimento – da sala de aula para as avaliações de imóveis

  1. Colega Silmara, sou corretor fis o curso com o professor Diniz em 2014 em Rio das Ostras RJ. me registrei no CINAI, leio bastante a respeito, adquiri livro e as apostilas de orientação do processo, porém só consegui fazer duas pequenas avaliações em todo este período, gostaria que me orientasse como fazer captação nesta área, nem divulgando meu trabalho tenho conseguido sou do
    Estado do Rio de Janeiro, muito grato.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s