A força de uma mulher que quer vencer no ramo imobiliário

Dentre tantas histórias de superação, força de vontade e sonhos, gostaria hoje de apresentar a história de uma mulher que sem dúvida nos representa. Conversei com Katia Aparecida Soares de Oliveira, paulista que conheci pelas redes sociais quando ela entrou em contato comigo, pois havia adquirido o ebook Manual de sobrevivência do corretor de imóveis, do qual sou coautora. 

Katia me contou sobre a vontade de vencer e alcançar seus objetivos. Por ser este o mês da mulher, solicitei sua autorização para publicar este relato, o que gentilmente ela consentiu. Assim, falou-me de sua rotina para dar conta de todos os seus afazeres. Uma história que nos mostra a força da mulher brasileira! 

Atualmente, Katia tem uma jornada dupla de trabalho: é diarista em um turno e auxiliar de limpeza em outro numa imobiliária na região metropolitana de São Paulo. Enquanto realiza suas atividades, ela observou o trabalho dos corretores de imóveis. Acabou se encantando por essa profissão e percebeu que ela também poderia almejar uma oportunidade na área, por que não? Seria uma chance de melhorar financeiramente, realizar seus sonhos, ser uma profissional que faz a diferença e quem sabe poder comprar sua casa própria. 

A flexibilidade de horário da profissão chamou sua atenção, isso é algo importante, pois poderia conciliar trabalho e estudo. Diante desta perspectiva de mudança, Katia decidiu investir na carreira e no momento está fazendo graduação em Gestão Imobiliária. 

Uma observação que ela fez, é que a profissão de corretor de imóveis não se restringe apenas a uma certa idade: “Não importa quantos anos a pessoa tenha, a partir da maioridade, ela já pode começar a qualquer momento”. 

Katia comentou que sua vida é bem corrida: trabalha fora, é dona de casa, mãe e avó. Sai de casa de manhã bem cedo e retorna somente no final do dia. Quando consegue chegar mais cedo, ocupa-se dos afazeres do lar e prioriza a atenção a sua família. Por isso, não consegue ter um horário fixo para estudar, em geral, estuda de madrugada, quando todos já foram dormir ou quando sobra tempo. 

A rotina de Katia é parecida com a de muitas mulheres batalhadoras e incansáveis! Ela nos mostra que tem um objetivo e que está lutando para alcançá-lo. Para ela, nada acontece se a pessoa ficar na sua zona de conforto. Enquanto alguns corretores de imóveis se acomodam e reclamam da vida, ela está se desdobrando para se formar e, com toda esta dedicação, certamente será muito bem sucedida. 

Katia deixa-nos uma mensagem e uma reflexão: “Quero me realizar como corretora de imóveis e isso fará bem para mim, quero mostrar que uma mulher que lutou muito, chegou lá e minha inspiração são meus filhos e meu neto. A vida faz ter garra para quem não quer ficar estacionado”. 

Silmara Gottardi 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s